logo

logo

10 Razões pra estudar francês

Pour quoi parler le français ?

  1. Uma língua falada no mundo inteiro: Mais de 200 milhões de pessoas falam francês entre os 5 continentes do mundo, com mais de 70 países  francófonos que  possuem o idioma como língua oficial ou  segunda língua. O Francês é uma das línguas mais faladas atualmente e podemos aprender em qualquer lugar do mundo através das redes de Alianças e estabelecimentos de ensino, com mais de 750.000 estudantes.
  2. Uma língua visando a carreira profissional: Falar várias línguas é o diferencial no mercado de trabalho e com o francês suas chances são maiores ainda neste mundo globalizado.  A fluência do francês pode abrir portas para o mercado internacional, principalmente nos países francófonos (Canadá, Suíça, Bélgica…). A França é a quinta potência comercial e terceiro refúgio para investimentos estrangeiros considerada líder em transações comerciais e financeiras.
  3. A língua da Cultura e do conhecimento: O francês é a língua da gastronomia, da moda, do teatro, das artes visuais, das dança e da arquitetura. Falar francês possibilita o conhecimento das grandes obras da literatura francesa e francófona, mas, mas também  do cinema e da musica. O francês é a língua de grandes personalidades em diversas áreas como a literatura e do teatro, a filosofia, a música, o esporte como Victor Hugo, Molière, Léopold Senghor Sendar, Edith Piaf, Jean -Paul Sartre, Alain Delon ou Zinedine Zidane .
  4. Uma língua para viagem e turismo: A França é o país mais visitado em todo o mundo, com mais de 70 milhões de visitantes anualmente. Com o francês sua viagem se torna mais proveitosa e agradável podendo assim conhecer os mais belos pontos turísticos, e principalmente visitar Paris a cidade luz e conhecer todo o charme em encanto da França (a doçura dos picos cobertos de neve dos Alpes Costa Azul e a costa rochosa da Bretanha), mas também para entender a cultura, mentalidades e da arte de viver francesa. Francês também é útil quando se viaja para a África, Suíça, Canadá, Mônaco, Seychelles..
  5. A língua das formações e ensinos superiores: Falar francês possibilita abrir novos horizontes através de formações e especializações na França. Com universidades renomadas e grandes Escolas de engenharia, comércio, arquitetura e moda… São instituições de ensino que oferecem a oportunidade de ampliar os estudos superiores em instituições reconhecidas em todo território Europeu. Alunos com fluência na língua podem se beneficiar de bolsas de estudo do governo para se inscrever em estudos de pós-graduação na França, e obter um diploma reconhecido internacionalmente.
  6. A língua da diplomacia: O francês é a língua oficial na ONU, da União Européia , da UNESCO , da OTAN , e do Comitê Olímpico Internacional , da Cruz Vermelha Internacional e de vários fóruns jurídicos internacionais . Também é a língua das três cidades sedes das instituições européias: Estrasburgo, Bruxelas e Luxemburgo.
  7. Uma língua para abrir-se ao mundo: Depois do Inglês e do Alemão, o francês é a terceira língua da internet à frente do espanhol. Conhecer a língua francesa permite uma visão ampliado do mundo e pela da mídia internacional (TV5 , France 24, Rfil).
  8. Uma língua agradável de aprender: O francês é uma língua de fácil aprendizagem. Existem vários métodos que são adotados e aplicados de forma lúdica e divertida tanto para crianças quanto adultos. Podendo assim, atingir um excelente nível de comunicação com muita  rapidez.
  9. Uma língua para outras línguas: Aprender francês ajuda na aprendizagem de outras línguas, incluindo as línguas latinas (espanhol, italiano, português e romeno), e também para o  Inglês, pois mais de 50% do vocabulário Inglês tem origem do francês.
  10. A linguagem do amor e da paixão: Aprender francês, é uma experiência única, é o prazer de conhecer uma língua melodiosa e enriquecedora, muitas vezes considerada a língua do amor e da paixão. O francês é também uma língua analítica com estruturas bem desenvolvidas onde o pensamento crítico é uma constante e muito recomendado em discussões ou negociações.