logo

logo

Brasília

No dia 25 de agosto de 1959, o Presidente Juscelino Kubitschek e o ministro de Estado da Cultura da França, André Malraux colocavam, nove meses antes da inauguração da capital do país, a primeira pedra da Aliança Francesa de Brasília. O prédio, tombado pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), é integrante do Conjunto da Obra do Arquiteto Oscar Niemeyer e tem projeto paisagístico de Burle Marx.

Inspirada pelo gênio e pelo coração de seu presidente, a Aliança Francesa de Brasília difunde o conhecimento do francês, como língua de abertura e de cultura, mas também de desenvolvimento pessoal e profissioanl. Em conjunto com as iniciativas do Governo do Distrito Federal, principalmente com as das Secretarias de Educação e de Cultura, a Aliança ensina o francês, todo ano, a mais de 700 jovens provenientes da rede pública. É um ensino rico de aquisições criativas e cidadãs, aspirando transformar os alunos em embaixadores de nossa relação bilateral. Cada qual reconhece também a função exemplar que exerce a Aliança, pela difusão da diversidade das expressões artísticas e da cultura que se irradiam de volta, no brilho da cidade.